Começa a vacinação contra a gripe nos postos

Doses são gratuitas para idosos, bebês de 6 a 23 meses, grávidas e mulheres que tenham dado à luz até 45 dias antes do dia em que forem ser imunizadas

Começa nesta segunda e vai até 26 de abril, em todo o Brasil, a Campanha de Vacinação contra a Gripe. No Rio, a meta é imunizar mais de um milhão de cariocas. Durante esses onze dias os postos de saúde ou Clínicas da Família estarão disponíveis, das 8h às 17h, para receber a população. Além disso, no sábado, 20 de abril, igrejas, creches e centros comunitários também vão aderir à campanha.

A vacina é gratuita para idosos, crianças de seis a 23 meses, indígenas, gestantes, doentes crônicos e profissionais da saúde. Além disso, este ano foram agregadas ao grupo as mulheres que tenham dado à luz até 45 dias antes do dia em que forem se vacinar. A ideia é proteger da transmissão do vírus os bebês recém-nascidos.

A injeção protegerá o público-alvo das versões mais fortes do vírus, para evitar que desenvolvam doenças graves, como pneumonias, que podem levar a internações e até à morte. “Essa parcela da população é mais vulnerável e possui o sistema imunológico menos resistente, por isso a importância de se repetir a vacina todos os anos”, afirma Maria Cristina Lemos, Superintendente da Secretaria Municipal de Saúde.

Ano passado, 973 mil pessoas foram imunizadas no município do Rio de Janeiro, o equivalente a 80,4% do público-alvo. A meta deste ano é manter a mesma porcentagem, atingindo 1.067.497 pessoas.idosos

Mas quem tem doenças neurológicas, histórico de alergias graves relacionadas a ovo ou tenha apresentado reação às versões anteriores da vacina, deve procurar um médico antes de dirigir-se ao posto de saúde. “Pessoas febris também devem averiguar o motivo do sintoma antes de se vacinarem”, orienta Maria Cristina.

Segundo dados da prefeitura, a vacina pode reduzir em até 75% a mortalidade por complicações da gripe.

(Fonte: Jornal O Dia – Caderno Saúde)

Deixe seu Comentário