Diagnóstico da Tuberculose

Três exames são suficientes para esclarecer as suspeitas:

– O PPD, que é um Derivado Purificado da Proteína do bacilo da tuberculose. Quando injetado na pele, provoca uma reação no local, demonstrando que o organismo reconhece aquele líquido injetado como se fosse o próprio bacilo agressor. A reação forte ao PPD mostra que o organismo já conhece o bacilo da tuberculose.

– O RX do tórax (chapa do pulmão), mostra o estado da doença. O RX, quando disponível, é um exame simples, relativamente barato e que dá muitas informações. Devemos lembrar que nem sempre existe um aparelho de RX disponível. Em algumas regiões do Brasil, como o interior do Amazonas, por exemplo, não se pode contar com a eletricidade nem para acender uma lâmpada, quanto mais para fazer funcionar um aparelho de RX.

– O exame do escarro, é o mais importante dos exames disponíveis, pois permite encontrar rapidamente o bacilo de Koch. O exame do escarro pode ser feito em qualquer lugar do Brasil pelo método direto ou, em laboratórios especializados, pela cultura – nos casos em que, apesar das fortes suspeitas, os exames diretos não conseguiram mostrar a presença do bacilo. A cultura do escarro pode demorar até 90 dias para dar um resultado.

 

Deixe seu Comentário