Wii Terapia com Plataformas vibratórias

Jogar vídeo game não é mais sinônimo apenas de lazer.

Com a utilização da tecnologia, pacientes de clínicas de fisioterapia podem conseguir reabilitação e condicionamento físico de forma mais prática e divertida por meio dos consoles.

Uma técnica associa conhecimentos da Fisioterapia com a Educação Física, prevê a utilização de plataformas vibratórias junto ao vídeo game.

A cada nova descoberta, notamos o quanto estes aparelhos podem ser úteis para a saúde das pessoas, das mais diversas formas.

O console utilizado na técnica é o Wii, que possibilita a interação do cliente com o jogador virtual, ou seja, todos os movimentos realizados com acessórios são transmitidos em tempo real para a tela da TV, tornando muito mais dinâmico o tratamento. Junto a essa tecnologia foram testados vários jogos e selecionados os principais que tivessem relação direta e indireta com os níveis de reabilitação e/ou condicionamento de seus pacientes.

Um exemplo de atividades que alguns clientes utilizam é a realização do exercício “Afundo” em cima da plataforma vibratória agregado a outro de membros superiores (Boxe) utilizando o vídeo game. Nesse exercício, a pessoa fica 30 segundos em posição isométrica e mais 30 segundos com a troca da base também em isometria, mas com os braços sempre realizando “jabs” (movimentos de luta) de direita e esquerda com os membros superiores.

A prática, em conjunto com outras técnicas, torna tratamentos mais práticos e divertidos

Como a técnica é muito recente, ainda são necessários estudos mais aprofundados para constatar os resultados em pacientes. As pesquisas realizadas com o Wii são mais voltadas para a reabilitação vestibular ou direcionadas para patologias neurológicas. Já a maioria das pesquisas com a plataforma vibratória está direcionada aos aspectos da aptidão física. Como nós utilizamos muitas vezes os dois recursos associados, percebemos a necessidade de mais estudos e pesquisas científicas.

Além disso, os profissionais que trabalham com a plataforma precisam ter o conhecimento necessário para adaptar e associar outras técnicas com estes aparelhos, como o uso do vídeo game, não somente em clínicas de fisioterapia.

Deixe seu Comentário